apresentação

Estamos em plena organização do XXVII Congresso Brasileiro de Psicanálise O Estranho – Inconfidências, que ocorrerá de 18 a 22 de junho de 2019, em Belo Horizonte. Nosso objetivo é planejar e preparar um encontro que seja rico em trocas e experiências científicas, e prazeroso no reencontro com amigos que a psicanálise construiu. E por que não apreciar as belezas que Minas Gerais nos oferece? Queremos, com esse intuito, dividir com todos nossa programação, para que também possam se planejar e preparar para o nosso evento.

Os Working Parties já fazem parte da tradição do congresso e ocorrerão nos dias 18 e 19 de junho. Além dos WPs, preparamos uma atividade científica em Inhotim. Para quem desejar, estamos organizando um encontro da arte com a psicanálise, no dia 18 de junho, para o qual o cenário de Inhotim fará a moldura, proporcionando um aquecimento para os próximos dias de debates e encontros científicos.

O Congresso oferecerá vários cursos ministrados por psicanalistas e mais de 110 mesas redondas, compostas por colegas de diferentes federadas, com o intuito de trocar experiência e mostrar como psicanalistas de cada região do país estão trabalhando e pensando a psicanálise brasileira.

Estamos criando novas atividades, dentre elas destacamos os Diálogos, encontros nos quais colegas irão expor convergências e divergências de pensamentos. Nesta atividade dois psicanalistas experientes farão um diálogo sobre algum tema proposto pela comissão científica da Febrapsi, propiciando um encontro fértil para novos pensamentos.

Reflexões é o espaço que reservamos para psicanalistas convidados, para que possam discorrer sobre um tema de seu profundo conhecimento e discutir com a plateia, numa conversa “de pai para filho”.

O congresso é um momento para se falar das experiências da/na clínica, e isso nos mobiliza a pensar, conversar e aprender sobre os considerados Casos Fracassados, e por que "fracassam". Portanto, além de Exercícios Clínicos e Estudo de Casos, teremos espaço para pensar nas situações clínicas em que a sensação é a de que algo não deu certo. Fracassam? Além disso, sentimos a necessidade de Conversar sobre o que não é Psicanálise. Bem como conversar com quem está começando o trabalho clínico. Quantas dúvidas existem!

Preparem seus Temas Livres! Temos lugar para quem desejar mostrar como vem estudando, trabalhando, pensando, enfim, criando a nossa psicanálise, para que não seja tão "Estranho" entre nós e que sejamos Inconfidentes.

PROGRAMA

8 eixos de discussão:
- pensando a psicanálise
- psicanálise e cultura
- a clínica
- o conceitual
- uso de tecnologias
- comunidade e social
- infância e adolescência
- didático
- o institucional

modalidades de atividades:
- working parties
- cursos
- mesas redondas
- diálogos
- reflexões
- exercícios clínicos
- discussão de casos
- a clínica dos "fracassos"
- conversas “não psicanalíticas”
- temas livres

programação cultural:
- sarau
- cinema

“Penso que é perfeitamente lícito que o ser humano persiga o fio da meada de alguma hipótese até onde quer que seja, ou por simples curiosidade científica, ou no papel de advocatus diaboli, que nem por isso vendeu a alma ao diabo.”
(Freud, 1920)

apresentando o congresso

últimas notícias

conheça Minas Gerais

A boa mistura de uma grande capital com o jeitinho de cidade do interior conquista rapidamente os visitantes que chegam a Belo Horizonte. É fácil sentir-se em casa na capital mineira, especialmente se servido de um pão-de-queijo e cafezinho ou uma boa cerveja gelada nos milhares de botecos locais. Bastará um passeio pela Lagoa da Pampulha, os museus da Praça da Liberdade ou o Mercado Central para “Beagá” te conquistar. Ou esticar o passeio até as cidades históricas mineiras com seu rico patrimônio arquitetônico e cultural, ou chegar a Inhotim e apreciar um dos mais belos museus de arte contemporânea do mundo. Em pouco tempo você vai entender a leveza com que os mineiros encaram a vida e como conseguem, com seu simpático e inconfundível sotaque, manter o “jeitim” de interior que tanto conquista os forasteiros. Esperamos você em BH!

realização

Febrapsi: Av. Nossa Sra. de Copacabana, 540/704 - Copacabana - RJ - (21) 2235.5922 - contato@febrapsi.org

mapa do site